domingo, 4 de novembro de 2007

Meu amor inquieto

meu amor inquieto
feito redemoinho

me revira
atravessa
me sufoca
delira

ao avesso
me enreda
me engole
travesso


me olha
torce
retorce
me molha

marca
me lambe
prende
me encharca

feito redemoinho
me circula
me agita
me afoga

/ivonefs - 03/11/2007

Um comentário:

Edson Marques disse...

Ivone,


Teu poema é uma deliciosa tempestade poética!


Adoro teus comentários no blog Mude.


Abraços, flores, estrelas..