sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

Momento (para Paulinho)

Da nossa conversa no dia do encontro BDE 09/02/08

Confiança de confessor
tenho sim, nele!

Viajamos num mar
onde ele era o marinheiro
e com tanta água
em nossa frente
foi logo se perder
num agreste
em lua crescente
de fevereiro
bem no dia nove
enquanto a noite
reinava feito dia
no nosso terreiro

Viajamos
em duas pinturas:
um mar e um agreste
um sonho
e uma beleza

duas imagens
uma, passado
outra, possível

Ivone Fran*s

2 comentários:

Edson Marques disse...

"Duas omagens,
uma, passado,
outra, possível":


Um achado essa metáfora, Ivone!


Abraços, flores, estrelas..

Edson Marques disse...

Eu quis dizer "imagens"!

Quando viajamos em duas pinturas, como você, nos transformamos, duplamente, em Arte.

Abraços, flores, estrelas...