segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Enquanto silencio ( Rita Medusa e Ivone fs

Desafios desfiam
em línguas múltiplas

rompem os desfiladeiros
e percorrem os ares

fluxos em sintonias descabidas

musicais flores de núpcias
em pesadelos abruptos

roem-me

E eu,

só queria uma dança contigo.

Um comentário:

Barbara disse...

Tia prabéns sua poesias,são otimas =)

Bjão!!
Teamo
Saudades...s2