domingo, 14 de março de 2010

círculo (Para Rita Medusa)


eram formas e meios


quadrados cápsulas globos cilindros cigarros canções

Ginsberg Borges Burroughs Kerouac Bukowski

euforia medo loucura apatia apatia loucura medo euforia


vozes

doses

sono...


profundo como um céu invertido
o abismo


sem nenhum sentido
o mundo


num quase impossível riso: - sei lá - dizia

- na anti-sala o tic tac jamais perde o compasso
vigia



.

4 comentários:

Ruy disse...

Apenas e meramente sensacional. Uma alma decifrada.

Ivan Guardia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ivan Guardia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ivan Guardia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.