domingo, 17 de agosto de 2008

.com

se arrancas meu coração
e ainda me condenas

o que direi do amor?

Nenhum comentário: