quarta-feira, 20 de outubro de 2010

desapego

porque tudo deve ser um presente,
assim como é um raio de sol no rosto logo de manhã
ou o vento aliviando as tensões

...assim como é o sono de nós dois...

Um comentário:

samuelvigiano disse...

Desapego...
Como dizem por aí, vou praticar o desapego...

Muito boa poesia