sábado, 19 de setembro de 2009

Entremeio

Espanta-me a abundância
quando dela se sabe: inefável

hoje fez sol!
eu vi através do vidro
e gelei quando fechei os olhos recostada à parede do quarto

o sol me desafiou logo cedo

eu,
sem luz,
embriagada há séculos,
tive um momento de lucidez

3 comentários:

penanegra disse...

Fantástico.
Abraço IV.
=D
té mais ver!

Rita Medusa disse...

adoro este


como um espelho mesmo....

Rita Medusa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.